8 Mitos Sobre a Energia Solar Fotovoltaica: Desvende o Poder do Sol

January 21, 2018

A energia solar fotovoltaica tem se destacado nos últimos anos devido seu forte crescimento. E junto com isso aparecem mitos e informações falsas sobre o seu funcionamento e efetividade.

 

No mundo a tecnologia solar já está bem madura e não sobra espaço para dúvida a respeito do investimento. Mas em mercados que estão em fase de crescimento, alguns mitos podem persistir.

 

Assim para que não reste dúvidas sobre a energia solar, elaboramos este post com os 8 principais mitos que vemos por aí que geram insegurança para quem está pensando em instalar um sistema de geração de energia solar e se tornar independente da inflação energética.

 

 

 

Mito 1: A energia solar é cara

 

Bom, vamos começar com o mais polêmico e mais conhecido mito sobre energia solar.

O custo do sistema de energia solar reduziu drasticamente com os avanços tecnológicos e os ganhos de escala. Em paralelo a conta de energia subiu muito (e vai continuar aumentando). Com esses dois fatores, hoje já é mais barato gerar a própria energia do que consumir da distribuidora.

 

O que causa a impressão de que a energia solar é cara, é o investimento inicial. Porém já existem diversas opções de financiamento e formas de pagamento para pessoas físicas e jurídicas.

 

O que você deve se perguntar é: Vale a pena continuar pagando energia elétrica, mesmo sabendo que a tarifa sempre irá aumentar?

 

Faça uma análise custo-benefício e verá o que mais de 19 mil unidades consumidoras já perceberam. Nós podemos te ajudar com isso.

 

 

Mito 2: Os módulos exigem muita manutenção

 

A limpeza dos módulos fotovoltaicos é muito importante para garantir uma boa performance. Mas a manutenção se resume basicamente a isso!

 

Isso porque não existem partes móveis como em geradores a diesel ou turbinas eólicas.

Em regiões menos secas, a própria água da chuva faz o papel de limpeza dos módulos.

 

 

Mito 3: Quem usa energia solar, não usa a rede pública

 

Isso só é verdade para sistemas off-grid, que possuem sistemas de armazenamento. Como a grande maioria dos sistemas são conectados à rede, é importante que se saiba que possuir um sistema de energia solar não o deixa livre da rede pública.

 

Uma vez que a rede é necessária para a injeção de energia e posterior conversão em créditos energéticos e em momentos de baixa geração e a noite, a energia consumida será provida por ela.

 

 

Mito 4: A energia solar não é segura

 

Desde que bem dimensionado e instalado (por se tratar de energia elétrica sempre é necessário atenção e cuidado), os sistemas fotovoltaicos são SEGUROS e CONFIÁVEIS.

Sua vida útil é de 25 a 30 anos e são projetados para suportarem climas extremos, incluindo chuva de granizo. Assista esse vídeo com os testes de um dos maiores fabricantes de módulos dos Estados Unidos.

 

 

Mito 5: O sistema fotovoltaico não gera no inverno ou em dias nublados

 

Os sistemas geram quantidade bem significativa durante o inverno ou em dias nublados. Porque ao contrário do que muitos pensam, a produção de energia está relacionada com a incidência solar e não com a temperatura. Em dias muito quentes os módulos perdem rendimento, portanto em dias de inverno com suas temperaturas amenas, os módulos podem funcionar melhor.

 

 

Mito 6: Se houver queda de energia ou apagão o sistema solar continuará fornecendo energia

 

A maioria dos sistemas fotovoltaicos utilizados hoje, são conectados à rede, isso significa que eles sempre estão conectados à rede da sua concessionária. Em caso de queda de energia, o inversor interrompe o fornecimento de energia automaticamente.

 

Isso é norma!

 

E existe para prevenir acidentes dos funcionários da concessionária que irão fazer algum reparo na rede. Já que o sistema também injeta energia na rede, eles precisam ter certeza de todos os elementos conectados à rede na hora da manutenção.

 

 

Mito 7: Depois de instalados os painéis não podem ser retirados

 

Esse é um receio comum das pessoas, e é um mito.

 

Você pode desinstalar o sistema a qualquer momento. Caso se mude e queira leva-lo, não tem problema. Apenas recomendamos que seja avaliado o novo local, para o caso de existir a necessidade de uma adaptação.

 

Mito 8: O retorno do investimento é demorado

 

Tudo depende do custo do kWh local e da quantidade desejada que o sistema irá gerar. Em média, o investimento em energia solar leva de 4 a 7 anos para retornar. E depois é só festa!

 

Não só o retorno é garantido e rápido (já que a vida útil é de 25 anos!), como em comparação com investimentos em renda fixa, o sistema solar é o MELHOR! Em breve falaremos sobre isso.

 

 

 

E aí, gostou do artigo? Se ainda tem alguma dúvida, deixe um comentário que nós iremos te ajudar a entender o poder do sol. E se gostou desse artigo, acompanhe nossas postagens assinando nossa lista de e-mail aqui.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Post em destaque

É possível zerar minha conta de energia?

September 18, 2018

1/10
Please reload

Posts recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procure por tag
Please reload

 Siga-nos 
  • LinkedIn Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square

TransfOrme

Soluções Energéticas

  • Facebook - Transforme
  • Instagram - Transforme
  • LinkedIn - Transforme
  • Twitter - Transforme

© Copyright Transforme Soluções Energéticas 2017- Todos os direitos reservados.

Contato/WhatsApp

+55 67 998846288

Onde estamos

| Dourados-MS